29 de dez de 2010

Respeitabilidade

http://t1.gstatic.com/images?q=tbn:6WqdyQ0_uRbBiM:http://blog.causaoufatalidade.com/wp-content/uploads/2010/08/j_krishnamurti.jpg&t=1"Respeitabilidade implica reconhecimento por parte da sociedade; e a sociedade só reconhece o que teve êxito, o que se tornou importante, famoso, e despreza o resto... Vocês são respeitáveis quando são considerados (…) pela maioria (…) E o que a maioria das pessoas respeita (…)? Respeitam as coisas que elas mesmas desejam e que projetaram como meta ou ideal; (…)
 

Um dos empecilhos ao viver criador é o medo, e a respeitabilidade constitui manifestação desse medo. Os indivíduos respeitáveis, moralmente agrilhoados, não conhecem o integral e verdadeiro significado da vida. (...)


A respeitabilidade é um flagelo, um mal que corrói a mente e o coração. Insinua-se furtivamente; destrói o amor. .... Os homens respeitáveis são sempre a nata da sociedade, e, como tais, causadores de conflitos e sofrimentos. (…)
Estão sempre na defensiva, cheios de medo e de suspeitas. O medo habita-lhes os corações, e por isso a indignação é sua virtude. A virtude e a piedade são suas defesas. (…)


Os homens respeitáveis nunca podem estar abertos para a Realidade, (…).
 

A felicidade lhes é negada porque evitam a Verdade. ... A humildade é a essência da virtude e é impossível cultivá-la. O padrão moral de respeitabilidade de qualquer sociedade é mero ajustamento aos valores estabelecidos pelo meio ambiente sócio-econômico e religioso. Mas, essa moralidade do eterno ajustamento não é virtude. O conformismo e a tradicional busca de segurança individual, que fazem parte desta moral estabelecida, negam a virtude.


A ordem não é um estado contínuo; ela tem de ser diariamente mantida, como o quarto que precisa ser arrumado todos os dias. É preciso restabelecer a ordem a cada novo dia , de momento a momento.A ordem não é um fim em si; sempre que é vista como tal, desemboca no beco sem saída da respeitabilidade, que significa decadência e deterioração.


Pode-se aprender de tudo e de todos, e no ato de aprender está a própria essência da humildade. No aprendizado não existe a hierarquia."

Jiddu Krishnamurti

(trechos de várias obras)

 

 

          

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...